Que twittaste tu esta semana?

  • Quase que mandei bloquear o telemóvel que estava na minha carteira… 🙁 #
  • Hoje é dia de IIP (IKEA instalation Party)! Socorro! #
  • Sinto-me um sushi-excluido. Wasabi!!! #
  • Depois de nadar 36 piscinas sinto que se me dedicar ao ciclismo ainda faço um triatlo… #
  • Dois ditadores derrubados num mês. Afinal 2011 pode ser um bom ano. #
  • Ruibarbo no Artemísia, uma experiência impagável… #

Que twittaste tu esta semana?

  • Não costuma dar sorte ver o FCP em casa do meu pai… hoje vai ser diferente #
  • Hoje sabia bem uns 45 minutos de natação desenfreada porém a impressora malvada no escritório não me fez a vontade #
  • Uma enorme pedrada depois de correr 14 km e abater mais de 1200 calorias. Vou voltar a estar em forma num instante. #

FMI calado…

(…)
Conclusions
Before the Greek and Irish bailouts, IMF officials were quite active in general volume of discussion that also carried notable positive language. We’ve not seen this for Portugal; a potentially interesting signal of strength.
To truly judge IMF officials and their public commentary related to specific countries we should explore this over long time periods and multiple crises.
There are multiple kinds of normalization to do here including comparing bailouts, countries, non-problematic country debt situations with problematic country debt situations, etc.
Silence can be a powerful signal but obviously takes some interpretation. We will continue to watch Portugal.

in Analise de Recorded Future