1 comentário on "ESPERO"


  1. eu nestes dias encontro-me mais neste poema da mesma autora:

    Exílio

    Quando a pátria que temos não a temos

    Perdida por silêncio e por renúncia

    Até a voz do mar se torna exílio

    E a luz que nos rodeia é como grades

    Responder

Deixar uma resposta