2 comentários em “Ideologia perdida”

  1. No ano passado em Barcelona vi uma exposição do Li Zhensheng “un fotógrafo chino en la revolución cultural” em que se recordava e revisitava aquela época estranha e terrível que foi a Grande Revolução Cultural Proletária, recheada de humilhação, cobardia e crueldade. Um murro no estômago.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.