kitten Está decidido! Uma vez

kitten

Está decidido! Uma vez por mês eu e N. faremos vigília na noite de sábado mais animada e envolvente desde que me conheço.

É a desgraça e o total culto religioso a Kitten que hipnotiza todos aqueles cromos, sapos, bichas, tias, betos, modelos, artistas, pseudo-intelectuais, gerentes comerciais, estudantes de Belas Artes, e resmas, resmas de centenas de gajas boas de um gajo se babar todo, mas sem ser um concurso de misses – i.e. dá para passar a mão no pelo…

Kitten vicia levando-nos ao baú de memórias e ao encontro de músicas retro. Apinhado de gente até ao tecto, uma imensa massa humana dança e pula compulsivamente em êxtase.

Foi um dia inspirador, seguindo eu e M. até ao Aeródromo de Vilar de Luz para nos inteirarmos da situação e o Daniel e o Sr. Avelino reforçaram as nossas aspirações. Só espero que A. alinhe.

Jantar a Queimar com N. Dr. P e a L. para aquecer. Depois foi o lar de Kitten. G. estava estranha, mas isso não era de estranhar, ao passo que J. adorou e também se converteu ao Evangelho segundo Kitten. Muitos Gin Tónicos contudo… Só Segunda estava a funcionar direito da maratona do amanhecer.