Lições

É bom aprender em qualquer idade. Torna-nos mais jovens e joviais a capacidade de ter lições, repensar a nossa sabedoria ou até por em causa algumas ideias pré-concebidas.

Actualmente abriu-se no meu horizonte mundano, uma miríade de novas lições de vida, de perspectivas inovadoras para abordar velhos problemas, e até a oportunidade de fazer cair por terra velhos dogmas. É uma lufada de ar fresco sentir que os meus neurónios estão capazes de refazerem as suas ligações e abraçarem toda uma nova filosofia.

Pode até parecer um paradoxo, mas muitos episódios na vida actuam como rupturas epistemológicas em que vemos um luz na gruta escura e apercebemo-nos de toda uma nova realidade, que sempre esteve ali ao nosso alcance, mas que não éramos capazes de entender.

Surgiram novos axiomas, graças a um conjunto de novas vivências, em que se questiona e certamente se aceitam novas hipóteses e teses.

Presumo que nunca é tarde … nem para aprender, nem para viver. E isso porque viver é sempre uma constante batalha rumo à vitória e que nunca se perde uma guerra.

Deixar uma resposta