O grelo de ouro

Faz tempo que não me ria tanto, graças ao bom humor de um animado grupo de solteirões à solta buscando caça grossa nas exóticas terras de nuestros hermanos.
M. desta vez ganhou o grelo de ouro com uma nova abordagem de engate indo directo ao assunto, reciclando uma deixa muito em voga no tempo de Ramses II.
Rapidamente “una paloma blanca” se tornou numa “pomba de infra-vermelhos mutante de marte” fizerem parte da boa disposição do dia da ressaca, em que o crescendo de pensamentos intelectuais atingiu o clímax.