Terça-feira suicida

Terça-feira suicida

Estudos comprovam que os indivíduos que habitualmente se entregam à Febre de Sábado à noite padecem frequentemente de depressões profundas na terça-feira como ressaca emotiva da euforia e outros desacatos desse género efectuados no Sábado à noite .

A terça-feira torna-se pois um tempo de vazio e de desequilibro como o pêndulo da emotividade a chegar ao outro oposto, como um enorme embolo metálico vindo em nossa direcção. As coisas que há 72 horas eram exultantes tornam-se insuportáveis…

Já sofri do síndroma da Terça-feira suicida, mas hoje consigo iludir a causa-efeito associada. Eles que venham, os exageros e luxúrias típicas de Sábado, não os temem depois. Um pouco de genica, uma boa dose de auto-estima básica, equilíbrio e disciplina mental e de preferência , um bom livro e nada de tv, música qb, mas de preferência algo animado sem muita gritaria. Até pode ser Hip hop, desde que bom. Quando muito uma aspirina e suar numa bicicleta a tentar queimar aquelas calorias extras do fim-de-semana.

Simples não é?