Agosto 7, 2001

finalmente deu notícias,

Passado finalmente deu notícias, mas só a pedido…

Vou voar

A lei de Murphy que tandos danos faz sempre se abateu sobre mim. Felizmente nada como um bocado de bom humor para colmatar os rios de .

Ma. e E. estão a trepar as paredes e Bob vai ficar sozinho enquantos os animais com 300 milhões de anos entregam a sua alma ao criador.

A Fauna que vejo no dia-a-dia está cada vez mais a afectar-me por me não afectar. Como é passar a ignorar e a hostilizar pelo desprezo aquelas pobres almas que se arratam nas tristesas que a big city reserva para nós. Estarei a tornar-me naquele ser plástico que usa a sua redoma social e desvia o olhar impávido? Talvez… ou tavez esteja a roer a minha própria alma por me seitir excluido e escorraçado nas raízes que sinto na minha terra .

Ostracismo? Antipatia? Condenado à sombra longe da luz. Onde os cavaleiros de luz não me podem socorrer, nem os anjos chegam. Numa cave de miséria e de sofreguidão.

Volta…

Acordei numa nova casa. Estranho. Mas muito pouco confortavel para já.

Cada vez está mais estranha a grande cidade. Como me sinto um alien. Será uma questão de hábito?