2012

End of the World Notification Service
11:50 (há 9 minutos)

para mim
*************************************
END OF THE WORLD NOTIFICATION SERVICE
*************************************

December 21st 2012

This is a notification to inform you that the world will be ending shortly.

The world will be ending due the following reason: Mayan Prediction.

Apart from some flooding in Southern England, there have been no signs of the armageddon yet. However, we at the End Of The World Notification Service are still ready and we hope you are too.

We advise that you take the short time you have left on Earth to either repent, spend time with your loved ones or seek shelter in a network of caves.

About the Mayans and their doom-calendar: http://en.wikipedia.org/wiki/2012_phenomenon

**************
END OF MESSAGE
**************

*Mais conhecida como Tese de Binelli.*

Quando uma manada de búfalos é caçada, só os búfalos mais fracos e lentos, em geral doentes, que estão atrás do rebanho são mortos.

Essa selecção natural é boa para a manada como um todo, porque aumenta a velocidade média e a saúde de toda a manada pela matança regular dos seus membros mais fracos.

De forma parecida opera o cérebro humano:

Beber álcool em excesso, como nós sabemos, mata neurônios, mas,
naturalmente, ataca os neurônios mais fracos e lentos primeiro.

Neste caso, o consumo regular de cerveja, aguardente, whisky, vinho,
rum, vodka, elimina os neurônios mais lentos, tornando o cérebro uma máquina mais rápida e eficiente.

E mais:

23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo consumo de álcool.
Isto significa que os outros 77% dos acidentes são causados pelos
filhos da puta que bebem água, sumos, refrigerantes ou outra merda
qualquer!!!.

Colabore!! Seja inteligente!

JÁ PRÁ TASCA !!!!

São tempos em que a crise económica se abateu definitivamente sobre os pobres lusitanos. Estamos numa perlongada falência política e financeira, ou pelo menos, fez-se luz para todos como nós portugueses andaramos a inconscientemente cavar a nossa própria sepultura. É exactamente agora, nos tempos de carência que se torna imperativo sair do espiral consumista e de ausência de valores que nos levou a onde nos encontramos.

Não quero falar nos mil erros de desenvolvimento, desperdício, de despesas descontroladas que levaram a uma divida soberana do estado português insuportável, nem a toda a conjuntura negativa , ou problemas estruturais crónicos. Do mesmo de sempre não serve de nada falar. A crise económica foi sempre um tema permanente em Portugal. Salvo raros intervalos contra cíclicos estamos em crise. Por isso milhões de luso descendentes estão espalhados pelo mundo. No meu ponto de vista crise é o nome do meio do português. Nada de novo aqui portanto.

O problema presente é a meu ver muito mais grave. O que tem uma nova crise, aquilo que está verdadeiramente falido não é a economia portuguesa mas sim a nossa pobre democracia que a meu parece estar a prazo.