Expresso

Tenho muitos para este fim de semana e tão pouco para os concretizar… Se ao menos me conseguisse dividir…

Já cheguei…
Mas estou cansado quanto baste. Acho que vou apenas descansar após uma visitinha

Um tarde quente e sem dúvida interessante.

Estou a poucas horas de viajar e a tensão aumenta. Como de costume os para o fim de semana são muitos…

Estou de novo pronto para mais um sacrifício de viajar a distancia entre a grande cidade e a minha cidade natal. A mala que transporto não me deixa criar raízes e é como se eu estivesse numa fronteira entre dois mundos, viajando na como um cigano.

Pois
A coisa repete-se novamente e estou até tarde junto ao ecrã.

Mas vou já sair e passear quanto baste…

O dia defina e estou preso na minha própria ausencia. Estou desatento e desinterassado. Que horror!
Nem sempre quero estar a perder assim.

Começa um novo dia de trabalho na grande cidade. As notícias da terrinha não foram muito animadoras.
A injustça é uma das constantes da mas é demaziado cedo para remoer as tristezas. Afinal a manhã é cinza e não será calma.

O início é um momento muito delicado.
É com esta frase que começa o filme “Dune” de David Lynch, um dos meus filmes preferidos e assim decidi iniciar o meu blogger. Hoje registei o domínio “psicotico.com” já de madrugada e hoje de tarde, após um ameno, eis que têm início as hostilidades.
Para já não me revelo, apenas dou azo às minhas fúrias delirantes…