Noites em que eu queimei o resto dos meus neurónios


Parte III – Perdendo o Clube [email protected]

Uma das noites mais especiais dos últimos anos, em termos de diversão noctívaga e andamento, foi sem dú a minha ida em ço até à grande cidade, qual groupie , para atender a dois conceitos de andamento nocturnos, que me são particularmente ternos: o Lux e o Clube Kitten.

Fiquei triste por que dia 25 de Abril o Clube [email protected] volta ao seu esplendor, justamente numa data que eu vou estar a dar uma de búzio, nessa amada terra distante. Será por uma boa causa. Acho que me vou conseguir perdoar.

Ontem, foi mais uma de aeroporto. Confesso que estou muito chegado aquela gente, conjunto de alienados e cavalos de corrida. E ainda mais aquelas lindas mulheres. Por momentos preferia ter uma mais fútil, como alguém ligado à aviação e aeroportos. É dura, mais tem muito glamour e mais-valias interessantes. É a vida… Não se pode ter tudo.


Dentro do tema