jovem

do

Não sei se vou conseguir envelhecer como o meu amado do Porto, mas sei que a minha de permanecer aberto a novas ideias e vontades faz de mim menos conservador.

Talvez não seja mais o envelhecido como era antes a minha matriz conservadora, mas sim um bastante de pensamentos mais liberais. Talvez que o nos ensine que o passa demasiado depressa para nos levarmos muito a sério.